Aprofundando-se nas tesouras cirúrgicas e suas particularidades

Sem categoria

Conheça mais sobre as tesouras cirúrgicas, suas características e a importância desses instrumentais cirúrgicos para o trabalho do cirurgião.

A literatura médica diz que a palavra “cirurgia” vem do grego “cheir” (mão) e “ergon” (trabalho), o que significa operação manual. Nesse sentido, é óbvio que um procedimento cirúrgico requer instrumentos para otimizar a destreza e possibilitar manobras mais delicadas e precisas.

Instrumentos cirúrgicos na rotina de um hospital

A quantidade de instrumentos cirúrgicos é enorme e ainda continua se expandindo. Com o passar do tempo, os cirurgiões têm modificado e criado novos elementos, que, aos poucos, vão sendo incorporados aos já existentes.

Na rotina de um hospital, é possível utilizar caixas cirúrgicas com mais ou menos instrumentais, mas nada se compara à diversidade estampada nos catálogos das grandes fornecedoras de material hospitalar.

Qual a importância das tesouras cirúrgicas?

As tesouras cirúrgicas conferem maior segurança e controle nas manobras do cirurgião, o que garante os melhores resultados na operação.

Nesse sentido, é de extrema importância escolher o tipo correto de tesoura cirúrgica que será utilizada durante a cirurgia, garantindo que tudo ocorra conforme o planejado.

Hoje, existem vários tipos de tesouras cirúrgicas. Os mais clássicos e largamente utilizados são: Mayo, Metzenbaum, Stevens e Littauer.

A título de curiosidade, as tesouras foram nomeadas de acordo com os nomes de seus criadores ou lugares onde foram desenvolvidas. Confira mais peculiaridades sobre cada modelo:

  • Tesoura Mayo

É o modelo mais utilizado para longos cortes em tecidos. Trata-se de um equipamento estreito, pesado, e que pode ser produzido a partir de aço inoxidável ou titânio.

Disponível nos tamanhos padrão ou extralongo, a tesoura cirúrgica Mayo pode ter lâmina curta, usada pelo cirurgião que precisa realizar um corte mais profundo, ou uma lâmina reta, que permite cortar tecidos que estejam mais próximos a uma ferida.

  • Tesoura Metzenbaum

Esta tesoura é mais indicada para o processo de divisão dos tecidos, ou seja, da diérese. Ainda que seja parecida com a Mayo, a tesoura Metzenbaum é bem mais leve e conta com alças mais longas.

Costuma ser mais usada em tecidos delicados, mas também é indicada para cortes profundos no tecido.

Pode ser encontrada em vários tamanhos e também conta com lâminas curvas ou retas.

  • Tesoura Littauer

Outro tipo comum de tesoura cirúrgica amplamente utilizada por cirurgiões é a tesoura Littauer.

Esse equipamento foi desenvolvido especificamente para auxiliar em cortes de suturas e pontos.
Por suas lâminas serem moldadas em formato de gancho, permitem que a tesoura deslize pelos pontos e suturas de maneira mais fácil e leve.

Tal característica diminui as chances de a sutura ou ponto escorregar para longe da lâmina enquanto o profissional realiza o corte.

  • Tesoura Stevens

Feita a partir de um design especializado, essa tesoura é muito usada na realização de cirurgias mais delicadas e complexas.

A tesoura Stevens é menor, se comparada às demais tesouras cirúrgicas, e conta com lâminas mais estreitas, devendo ser manuseada com muito cuidado e atenção.

Para conhecer todos os materiais cirúrgicos, como tesouras cirúrgicas, bisturi e punch, acesse aqui o catálogo da Cirúrgica Fernandes.

Encontre tesouras cirúrgicas e outros instrumentais na Cirúrgica Fernandes

A Cirúrgica Fernandes está capacitada para atender às demandas de materiais cirúrgicos de hospitais e clínicas de todo o Brasil. Seu catálogo conta com tesouras cirúrgicas, punch, pinças, afastadores, entre outros.

Navegue pelo site para conferir todas as opções.

Menu